Foto por Karolina Grabowska em Pexels.com

De acordo com a antiga aliança a relação do homem com Deus dependia das ofertas e sacrifícios oferecidos no altar,  pois representava a expiação do pecado e a comunhão com Deus seria restaurada. Havia a preocupação de se oferecer o melhor para Deus, pois consistia em restaurar a relação com ele.

Quando tudo era feito de forma a agradar a Deus a comunhão era restaurada e o povo alcançava bênçãos.

Aquele sacrifício apontava para Cristo o sacrifício perfeito.

Tipos de ofertas:

  • A oferta de manjares – Nesta oferta era oferecido, farinha, azeite e incenso o objetivo da oferta era presentear, consiste em uma vida direcionada a abençoar  e à generosidade.
  • Ofertas pacíficas – Nesta oferta o ofertante trazia, boi e ovelhas . Era tida como oferta de paz ou sacrifícios pacíficos. Tinha como objetivo expressar louvores e gratidão a Deus, por bênçãos recebidas, Também eram divididas em três espécies: ofertas de gratidão, ofertas por um voto e ofertas voluntárias
  • Oferta pelo pecado -Era oferecido cordeiros. Tinha como objetivo a expiação do pecado, o que  tornava possível pagar a dívida de pecados e ofensas ao Senhor

Nossa reflexão de  hoje se trata de qual maneira você tem ofertado ao Senhor? Têm dado o seu melhor?

A maneira como oferecemos a nossa oferta irá determinar  se ele vai aceitar ou não. 

Seja seu tempo, sua disponibilidade, seu dinheiro, o serviço que você realiza  na igreja ou até mesmo o cuidado que você demonstra com seu próximo.

Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram;

necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’.

“Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber?

Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos?

Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’

“O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus irmãos e  irmãs, a mim o fizeram?’.

Mateus 25:35-45

Deus tem aceitado as suas ofertas? São ofertas de amor, adoração e gratidão?

Reflita se aquilo que você tem oferecido a Deus tem agradado ele.

O que deve conter em sua oferta:

  • Deve ser realizada com fé. “Pela fé Abel ofereceu um sacrifício superior ao de Caim. Pela fé foi reconhecido como justo, quando sua oferta foi aprovada. Hebreus 11.04
  • Deve ser oferecida com alegria Coríntios 9.7-9 – “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria. 
  • Com gratidão e desejo de adorá-lo 

           “Todos os dízimos da terra – seja dos cereais, seja das frutas – pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor.” (Levítico 27:30)

Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria 2 Coríntios 9:7

Lucas 21:1-4. E, olhando ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro; E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas; … Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha.

E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens,

. Colossenses 3:23