A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse : Eis-me aqui, envia-me a mim. Isaías 6:8

Israel vivia em tempos difíceis, pois as pessoas estavam distante de Deus,  tinham perdido o temor ao Senhor e realizavam cultos a deuses estranhos, havia angústia e insegurança acerca do futuro, e os cultos que eram realizados não eram aceitos por Deus, pois o povo havia se tornado profano.

Talvez, você diga: Não é diferente no momento atual! Sim, vivemos em uma realidade em que o evangelho é usado com propósitos ilícitos e com certeza o Senhor tem abominado  tais práticas.  

Em meio ao contexto que Isaías vivia, o Senhor deu a ele uma visão que o levou a se quebrantar  e reconhecer  que era pecador e precisava  da misericórdia de Deus, além dele se arrepender dos seus pecados ele se colocou à disposição de Deus para fazer a sua vontade.

Eis-me aqui Senhor!, foi a resposta que Isaías deu de forma imediata pois sentiu que tinha uma chamada a cumprir, logo o Senhor purificou seus lábios para liberação do ministério profético. 

Isaías foi usado para exortar, edificar, corrigir e consolar, além de anunciar a vinda do messias.

Hoje o Senhor nos pergunta: A quem enviarei? Você deseja hoje enfrentar todos os obstáculos para Cumprir o propósito que Deus tem para a sua vida?

Ainda há inúmeras pessoas a serem alcançadas e o Senhor deseja que eu e você seja a voz dele aqui na terra.