Publicado em artigo

O que é um ministro do evangelho?

Tendo em vista a importância de se compreender todas as terminologias do mundo cristão se dá a necessidade de compreendermos os conceitos de cada um destes termos. Tal como é fundamental o entendimento quanto ao exercício da função, também se torna necessário saber tais definições.

Mas o que é um ministro do evangelho? 

A definição grega da palavra “ministro” no novo testamento é “serviço”. 

Ministro do evangelho  é um título dado a um líder espiritual que trabalha para atender as necessidades espirituais dos seus fiéis.

O ministro pode ser conhecido com o uso de outras terminologias, tais como pastor, reverendo, bispo, diácono, presbítero, missionário, obreiro entre outros.  Tais termos são utilizados de acordo com o ministério o qual a pessoa pertence (Assembleia de Deus, Congregação Cristã, Presbiteriana, etc.), mas a função diz respeito ao mesmo conceito, todavia em algumas denominações se utiliza a terminologia de acordo com o reconhecimento dada a cada função. 

O ministério assim faz,  para atender uma hierarquia de acordo com  a posição ocupada por cada membro.

Cada igreja evangélica tem uma hierarquia.

Para que serve a hierarquia?

Para organização da igreja, manter a ordem, auxiliar os membros da igreja e definir  funções. Vale lembrar que a hierarquia no meio evangélico  não tem como objetivo expressar valor no indivíduo ou considerar uns mais importantes do que outros. 

Mas Jesus, chamando-os a si, disse-lhes: Sabeis que os que julgam ser príncipes dos gentios, deles se assenhoreou, e os seus grandes usam de autoridade sobre eles;

Mas entre vós não será assim; antes, qualquer que entre vós quiser ser grande, será vosso serviçal;

E qualquer que dentre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos.

Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. Marcos 10:42-45

Assim, na Igreja, Deus estabeleceu alguns primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro, mestres; em seguida, os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. Acaso são todos apóstolos? São todos profetas? Ou são todos mestres? Todos têm o dom de realizar milagres? 1 Coríntios 12

O que faz um ministro do evangelho?

O ministro deve  estar disposto a doar-se aos propósitos que Deus tem com ele aqui na terra, deve haver prontidão de sua parte em servir ao Senhor com seu tempo, recursos, habilidades e estar disposto a abrir mão de coisas e atitudes que podem prejudicar o seu chamado. 

Independente da posição ocupada o membro que oferece  um  serviço a sua denominação deve ter tais procedimentos:

  • Administrar bem sua casa e manter uma boa relação familiar.1ºTM 3:12-13 
  • Ser marido de uma mulher. 1º ™ 3:12
  • Estudo contínuo da palavra. 2 ™   2:15 
  • Procurar ser cheio do espírito santo. Ef 5:18 
  • Estar apto para ministrar a palavra.2 ™ :15 
  • Manter a comunhão com Deus. Ap. 21:3 e 1 Coríntios 1: 9 
  • Ter uma relação interpessoal saudável  quer seja no pessoal, profissional ou familiar.2 ™ 3:17
  • Evitar comentários indevidos. II ™ 2:16

Veja:

Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;

Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus.

Mateus 5:14-16

O ministro de Deus deve ser capacitado pelo ministério que  se propôs criar vínculo para exercer sua função com base nos fundamentos cristãos. 

Todavia, independente da nomenclatura, que você recebeu saiba que todos nós recebemos de Deus a tarefa de cumprir seus mandamentos e exercer o  que ele nos ordenou.

 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15

Publicado em Palavra

Vença o seu opositor

O Senhor Jesus nos presenteou com um grande presente chamado “salvação”, ele nos livrou da condenação do pecado e  nos resgatou dos planos que o diabo tinha para a nossa vida, todavia isso deixou nosso opositor insatisfeito com o livramento dado por Deus.

Após termos aceito este presente,  nos tornamos filhos de Deus e seu 

representante aqui na terra, mas ainda assim as batalhas serão constante deveremos sempre nos preparar para lutar contras as investidas do inimigo, pois ele vai se opor à obra que o Senhor tem em nossa vida, para vencer suas oposições será necessário:

  • Mantermos uma vida de vigilância e oração;
  • Vivermos a palavra, para que os nossos inimigos não encontrem brechas para nos acusarmos;
  • Não permitir que o desejo da carne fale mais alto;
  • Procurar ser cheio do espírito santo;
  • Estar revestido com a armadura de Deus. Revestido com a couraça da justiça, a qual protegerá o nosso coração, o cinto da verdade, pois agora não andamos mais segundo a cultura do mundo, mas segundo a verdade de Cristo, os sapatos do evangelho da paz, pois a partir desta nova vida em Cristo devemos andar direcionado por Deus e preparado para a sua obra, o escudo da fé que nos protegerá dos dardos inflamados do inimigo e a espada do espírito que é a palavra de Deus, por isso devemos ler e estudá-la com frequência, para estarmos aptos para lutar contra os nossos adversários.
  • Se fortalecer em Deus;
  • E procurar a santificação, mantendo uma vida separada por Deus;

Somos  soldados e devemos estar aptos para  vencer as batalhas  que encontramos na caminhada, mas fica tranquilo, pois maior é o que está em nós do que aquele que está no mundo e ele conhece nossa

estrutura e sabe que somos pó, portanto ele nunca permitirá que sejamos destruídos.

Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido, Porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. 5 Do mundo são, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve. 6 Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve.que teus servos pereça. só assim poderemos vencer o nosso opositor. João 1:4

Em nenhum momento o Senhor disse que seria fácil, a sua promessa é que não nos deixaria só. Se me amais, guardai os meus mandamentos.

E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;

O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.

Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. João 14:15-16

Todavia, devemos sempre nos lembrar que o nosso opositor não é apenas Satanás e seus anjos, por vezes o nosso maior inimigo é a nossa carne, quando ela se manifesta querendo prevalecer com desejo da carne e o nosso “EU” tentando dirigir nossas escolhas.

Portanto que possamos todos os dias vencer o velho homem que se encontra dentro de cada um de nós.

Publicado em Material Disponível

Marcadores de páginas para presentear em sua célula ou encontro de mulheres

Clique Aqui e faça o download gratuitamente de todos os modelos em PDFhttps://ensina24.files.wordpress.com/2021/10/laranja-campo-de-flores-motivacional-marcador-de-paginas.pdf

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma doação uma única vez

Fazer uma doação mensal

Fazer uma doação anual

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$50,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

DoarDoar mensalmenteDoar anualmente
Publicado em Palavra

Qual o propósito de Deus ao Criar o homem?

O pai celeste , nos capítulos iniciais de gênesis revela o seu propósito inicial ao homem, no versículo 28 encontramos em Deus, um ser doador, capaz de fornecer o melhor para a sua criação, provendo todas as suas necessidades.

O propósito do Senhor é que o homem tivesse comunhão com ele, e fazer dele um representante de Deus aqui na terra.

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. Gn 1:26

Ele o criou para ter um relacionamento com ele, deu autonomia e livre arbitrio para nomear os animais, gerenciar o jardim e tomar decisões.

Deus fez o homem para estar no controle. Veja : “E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai- vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra” (Gn 1,28). O Senhor deu ordem ao homem para crescer, multiplicar e dominar a terra.

Veja: Segundo o site dicionario online de portugues. dominar significa:, Ter o domínio de algo; autoridade, poder sobre algo ou sobre alguém, exercer controle, subjugar.

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. Gn, 1:26

O Senhor fez um lindo jardim e fez o homem para que estivesse no controle dele. Após aquela grande obra, o Senhor derramou diversas sorte de bençãos a sua criação:

E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.
E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi Gn. 1:29-30

Todavia, em determinado momento o homem abre mão do que recebeu de Deus, quebrando a comunhão que tinha com ele, com isso ele trouxe para si as consequencias da sua escolha, mas ainda assim o Senhor não desistiu da sua criatura; ainda que a morte tenha entrado através de Adão no mundo; mas pela morte e ressusceição do último Adão “Jesus Cristo o Homem”,teve sua relação e comunhão com Deus sendo restaurada.

Através de Jesus somos restaurados, justificados e aperfeiçoados. Agora com vestes novas voltamos ao propósito original de Deus para o Homem. Podemos assumir a posição em Cristo Jesus, e nele sermos mais que vencedores e tomar posse do que a biblia garante ser nosso.

Portanto, ide, aensinai todas as nações, bbatizando-as em nome do cPai, e do Filho, e do Espírito Santo;  aEnsinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho bmandado; e eis que ceu estou convosco todos os dias, até a dconsumação dos séculos. Mateus 28:19-20

Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum. Lucas 10:19

Jesus, tendo chamado seus doze discípulos, deu-lhes poder para expulsar espíritos imundos e curar todas as doenças e males. Mateus 10:01

Publicado em Palavra

A Quem Enviarei?

A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse : Eis-me aqui, envia-me a mim. Isaías 6:8

Israel vivia em tempos difíceis, pois as pessoas estavam distante de Deus,  tinham perdido o temor ao Senhor e realizavam cultos a deuses estranhos, havia angústia e insegurança acerca do futuro, e os cultos que eram realizados não eram aceitos por Deus, pois o povo havia se tornado profano.

Talvez, você diga: Não é diferente no momento atual! Sim, vivemos em uma realidade em que o evangelho é usado com propósitos ilícitos e com certeza o Senhor tem abominado  tais práticas.  

Em meio ao contexto que Isaías vivia, o Senhor deu a ele uma visão que o levou a se quebrantar  e reconhecer  que era pecador e precisava  da misericórdia de Deus, além dele se arrepender dos seus pecados ele se colocou à disposição de Deus para fazer a sua vontade.

Eis-me aqui Senhor!, foi a resposta que Isaías deu de forma imediata pois sentiu que tinha uma chamada a cumprir, logo o Senhor purificou seus lábios para liberação do ministério profético. 

Isaías foi usado para exortar, edificar, corrigir e consolar, além de anunciar a vinda do messias.

Hoje o Senhor nos pergunta: A quem enviarei? Você deseja hoje enfrentar todos os obstáculos para Cumprir o propósito que Deus tem para a sua vida?

Ainda há inúmeras pessoas a serem alcançadas e o Senhor deseja que eu e você seja a voz dele aqui na terra.

Publicado em Palavra

Os Improváveis

O Deus “Todo Poderoso” luta por você, talvez você se sinta pequeno ou sem os atributos necessários para vencer, mas vamos ver o que diz a bíblia:

Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), Romanos 9:11

Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; Efésios 1:4

É Deus quem nos escolhe é ele quem nos capacita, ele nos escolheu desde a fundação do mundo. É ele quem escreve a nossa história.

Em Juízes 6 a 8 o Senhor fez Gideão, junto com trezentos homens vencerem um exercito de 135 mil homens .

É Deus quem capacita!

Gideão se sentia o menor da sua casa, mas o Senhor o capacitou para estar a frente de um exercito, e não sendo o bastante o Senhor fez o exercito do seu povo vencer uma guerra tendo o número de soldados inferior aos seus opositores.

É Deus quem nos chama, pois ele planejou seus propósitos para cada um de nós. Deus tinha um chamado para a vida de José e desde cedo ele revelou a ele o chamado que tinha em sua vida através dos seus sonhos, embora invejado, perseguido e desacreditado o Senhor o tornou governador do Egito.

José era o governador do Egito e era ele quem vendia o mantimento a todo o povo da terra. Os irmãos de José chegaram e se prostraram diante dele, com a face junto ao chão. Gênesis 42:6

É Deus quem envia. Ester era uma moça órfã e pobre e devido a isso foi morar com seu tio Mardecai, mas o Senhor que tinha em sua vida uma chamada, fez dela a rainha da Pérsia.

O rei gostou mais de Ester do que de qualquer outra mulher; ela foi favorecida por ele e ganhou sua aprovação mais do que qualquer das outras virgens. Então ele lhe colocou uma coroa real e tornou-a rainha em lugar de Vasti”. Ester 2

É ele quem escolhe, Samuel foi enviado a casa de Jesse para ungir um dos seus filhos a rei, tendo passado todos os seus filhos diante dele, chamou o que estava ausente e ao chegar o Senhor confirmou que seria aquele a quem devia ungir , e assim ele o ungiu como rei.

Disse mais Samuel a Jessé: Acabaram-se os jovens? E disse: Ainda falta o menor, e eis que apascenta as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda trazê-lo, porquanto não nos assentaremos ao redor da mesa até que ele venha aqui.

 Então mandou trazê-lo (e era ruivo e formoso de semblante e de boa presença); e disse o Senhor: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo.

 Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espirito do Senhor se apoderou de Davi, então Samuel se levantou, e retornou a Ramá. 1 Samuel 16: 7-9

Fica tranquilo, ainda que muitos te vejam como os improváveis a serem nomeados por Deus para vivermos o sobre natural , guarde esta palavra, é ele quem escolhe, é ele quem chama, é ele quem capacita é ele quem envia. e todos os projetos que ele tem para a sua vida ele irá realizar , pois não depende daqueles que torcem por você e nem dos seus atributos.

Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:  Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim? Jeremias 32:26-27

Publicado em Palavra

A importância de um abraço

Foto por Elina Fairytale em Pexels.com

O toque têm o poder de mudar o estado de espírito, acalenta, alegra, afaga, acalma, traz equilíbrio emocional, melhora os batimentos cardíacos e além de todos adjetivos que se pode utilizar para expressar a explosão de emoções causados pelo toque, já foi provado que promove mudanças fisiológicas mensuráveis, sendo ele através de um abraço.

O abraço alivia a tensão, melhora o fluxo sanguíneo, libera a ocitocina, reforça o sistema imunológico, aumenta os níveis de hemoglobina, (pigmento do sangue responsável, por transportar o oxigênio, para os tecidos de todo o corpo) no organismo.

Um abraço caloroso têm poder de fazer uma pessoa se sentir acolhida e amparada, quando dado com carinho contribui para o equilíbrio emocional.

Na universidade da Carolina do Norte, na EUA, a psicóloga Karen Grewn, realizou pesquisa sobre os efeitos de um abraço, e comprovou que o carinho pode aliviar a dor. Ela e sua equipe recrutaram mulheres que sofrem de enxaqueca, e durante os testes, as participantes relataram melhora significativa na dor de cabeça.

Em todas as fases da vida o abraço deve estar presente, na infância, ele significa amparo, segurança e aumenta o vínculo.

Na fase adulta, preenche lacunas emocionais, libera hormônios e contribui com a autoestima e alegria, entre outros fatores que já foram mencionados, na velhice combate o isolamento e a depressão. O abraço transmite afeto e contribui com a qualidade de vida do idoso que muitas das vezes é tão esquecido.

Portanto abrace, ame, perdoe, releve e não permita que nenhum obstáculo impeça que ocorra o toque em suas relações, permita-se a abraços longos, apertados e afetuosos.

Seja ele um abraço de cortesia, camarada, protetor, afetuoso ou apaixonado, apenas não deixe de investir na sua qualidade de vida e proporcionar o mesmo a alguém.

Por vezes passamos situações na vida que nos falta alguém para darmos um abraço, ora por conta de pessoas que se distanciam ou por vários outros motivos que nos leva a estarmos sozinhos. Mas hoje eu quero te dizer que ainda que hoje você esteja só o Senhor Jesus tem um abraço para te dar através da ação do Espírito Santo.

O abraço dado pelo Espírito Santo supri todas as necessidades emocionais que precisamos, todavia, o Senhor nos fez com uma estrutura humana e uma das necessidades do ser humano é o relacionamento. Hoje eu quero profetizar que o Senhor Jesus irá colocar na vida de cada leitor deste texto, bons relacionamentos, os quais trará a cada um alegria, e realização.

Se você crer que pode ser alcançado por esta palavra tome posse desta declaração:

“O Senhor trará para a sua vida relacionamentos saudáveis e prazerosos”

E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa. Eclesiastes 4:12

Porque, se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Eclesiastes 4:10

Em todo o tempo ama o amigo; e na angústia nasce o irmão. Provérbios 17:17

Publicado em Palavra

A dor do outro

Foto por Andrea Piacquadio em Pexels.com

Vivemos em um contexto atual em que os valores têm sido distorcidos, gentilezas, gratidão, amizades e atitudes de solidariedade não é visto com tanta frequência. Ao longo do tempo foi possível identificar que o “eu” predomina, pois a necessidade de se estar bem, nem sempre vem acompanhada com o desejo de ver o outro bem.

Todas essas questões são preocupantes, pois é a partir desta ótica que faz o individuo ser tornar individualista, onde sua maior preocupação é seu próprio bem estar. Mais o que fazer? Como mudar uma situação implantada pela mídia, pelos programas que incentivam a disputa a preocupação com o lucro e em se tornar popular?

Por mais difícil que seja não devemos perder a fé, é necessário acreditarmos em mudanças, ainda que alguns digam que a tendência é piorar. E para que mudanças ocorra deve-se começar por mudar a mentalidade e consequentemente a atitude. É através desta nova postura que se torna possível um novo cenário; e ele se inicia dentro do lar, no local onde trabalhamos, estudamos e passamos boa parte de nossas vidas.

Podemos começar construindo em nossos filhos, netos, alunos e comunidade em que vivemos uma mentalidade onde o ser seja mais importante que o ter, onde todas as pessoas têm o seu valor, e que cada um de nós temos como tornar o mundo um lugar melhor. Pode parecer algo romantizado, mais na verdade esse mundo começa dentro da sua casa, e no convívio com outras pessoas.

Mais como fazer?

Para o ser humano se tornar uma pessoa amorosa, cuidadosa e flexível, é necessário entender o seu lugar e o lugar do outro no mundo. Para entender o sofrimento do outro e se colocar no lugar é necessário desenvolver a empatia. Mais o que acontece na realidade é que aprendemos a longo prazo que cada um deve cuidar de si mesmo .

Compreender o outro, saber se colocar em seu lugar reconhecer suas necessidades e dificuldades, perceber o estado de espírito de cada um, contribui para o desenvolvimento pessoal. Se colocar no lugar do outro é algo que pode ser aprendido.

Podemos aprender isso através da pessoa de Jesus Cristo, ele não apenas se colocou em lugar do próximo, ele se colocou no lugar de toda a humanidade. Foi mais que empatia, foi amor incondicional por mim e por você, contudo ele espera também que não apenas sejamos gratos a ele pelo seu muito amor, ele deseja que vivamos este amor uns para com os outros.